Huck tem decisão forte contra MC Biel após ele falar em estuprar Angélica

Compartilhe nas redes sociais!

Luciano Huck e a produção do ‘Caldeirão do Huck’ decidiram tomar uma atitude forte contra o cantor MC Biel, que diz estar retomando a carreira. O funkeiro, segundo informações da colunista Keila Jimenez, do R7, perdeu mais uma oportunidade. De acordo com a repórter, ele estava cotado para ser um dos integrantes do quadro ‘Satibum’, mas acabou sendo excluído. Apresentadores e famosos ficaram revoltados com o profissional da música por conta de publicações que ele fez na internet que acabaram sendo reveladas.

Uma das publicações falava da mulher de Luciano Huck, o que explica a decisão tomada por ele e a produção da Rede Globo de Televisão. No tal post, Biel dizia que estupraria Angélica. Além da loira, o cantor atacou a ex-esposa de William Bonner, Fátima Bernardes. Ele disse que não gostava do programa dela, que preferia o Bob Esponja e que a jornalista dava sono nele. Fátima ao comentar o tempo que o MC daria na carreira, não faltou com ironia para a notícia, revelando que é sempre bom dar um tempo para refletir sobre as coisas.

Após dizer que pararia de cantar para estudar, o cantor quer voltar a se apresentar. Por isso, ele tem feito tudo para retomar os trabalhos. Já que não tem #Mc Biel, o jeito visto pelo ‘Caldeirão do Huck’ foi escalar outras celebridades. Segundo o jornalista Fernando Oliveira, que assina uma coluna sobre televisão no jornal ‘Agora São Paulo’, as mulheres que integraram o ‘Saltimbum’ são  Maíra Charken (ex-apresentadora e agora repórter do ‘Vídeo Show), Carol Barcellos (comandou o ‘Planeta Extremo’), Scheila Carvalho (Ex-dançarina do ‘É o Tchan’, Talytha Pugliesi (modelo), Bella Falconi (muda fitness) e Marcela Fetter (Atriz de ‘Malhação’).

Fonte; Br.BlastingNews

Compartilhe nas redes sociais!